O Brasil perdeu 146.791 vidas e teve 4.940.706 pessoas infectadas pela Covid-19. Os números foram apresentados às 8h desta terça-feira (6) pelo consórcio de... Médias móveis de mortes e casos por Covid-19 seguem em baixa no Brasil

O Brasil perdeu 146.791 vidas e teve 4.940.706 pessoas infectadas pela Covid-19.

Os números foram apresentados às 8h desta terça-feira (6) pelo consórcio de veículos de mídia.

Nas últimas 24h foram registradas 398 mortes e 25.593 casos.

A média móvel de mortes (659) dos últimos 7 dias é 7% menor do que a de 14 dias atrás.

A média móvel de casos (27.453) dos últimos 7 dias representa uma queda de 9% em relação à média de duas semanas anteriores.

Até esta segunda-feira (5), a curva de óbitos estava em alta nos estados de Amazonas, Ceará, Sergipe e Roraima.

A situação era de estabilidade no Distrito Federal e nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Alagoas, Tocantins e Acre.

Em apenas seis estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Paraíba), a curva estava em queda.

A pandemia continua sendo motivo para fraudes na área da saúde.

Nesta terça-feira (6), a secretária de Saúde de Japeri, na Baixada Fluminense, Rozilene Souza Moraes dos Anjos, foi afastada do cargo por ordem da 3ª Vara Federal de São João de Meriti (RJ).

Ela é um dos alvos da Operação Apneuse deflagrada pela Polícia Federal (PF), com apoio do Ministério Público Federal (MPF), da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As investigações iniciadas em junho apuram irregularidades na compra de respiradores para tratamento de Covid-19 pela prefeitura de Japeri. Além de obsoletos, os equipamentos foram comprados a preços superfaturados.

A fraude teria causado um desvio de R$ 2 milhões aos cofres públicos.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Japeri e em Nova Iguaçu (RJ).

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.