O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ), deve apresentar a defesa no processo de impeachment na Assembleia Legislativa do estado (Alerj)... Alerj decide hoje se continua o processo de impechment do governador Wilson Witzel

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ), deve apresentar a defesa no processo de impeachment na Assembleia Legislativa do estado (Alerj) nesta quarta-feira (23).

A expectativa é de uma nova derrota por goleada.

Na semana passada, por 24 a 0, o relatório do deputado Rodrigo Bacelar (Solidariedade-RJ) foi aprovado pela comissão processante do impeachment. Apenas um deputado, que testou positivo para Covid-19, não votou.

Hoje (23), o relatório será debatido pelo plenário.

Os deputados vão decidir se abrem processo de crime de responsabilidade contra Witzel, que foi afastado do cargo por 180 dias pelo ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por suspeita de corrupção na área da Saúde.

A previsão é de que a sessão só termine nesta quinta-feira (24) porque cada um dos 25 partidos tem uma hora para falar.

É o mesmo tempo da defesa de Witzel.

Se 47 dos 70 deputados aprovarem, o processo de impeachment segue para um tribunal misto formado por cinco parlamentares e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

O tribunal terá prazo de até 120 dias para definir se houve crime de responsabilidade.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.