O Rosh Hashaná, o Ano Novo Judaico (ano 5.781) começa nesta sexta-feira (18). Na véspera, em Israel, houve grande movimentação no comércio não só... Ano Novo Judaico começa em Israel sob novas regras de quarentena: pandemia volta a avançar no Reino Unido

O Rosh Hashaná, o Ano Novo Judaico (ano 5.781) começa nesta sexta-feira (18).

Na véspera, em Israel, houve grande movimentação no comércio não só pela data, uma das mais importantes do Judaísmo, como também pela quarentena mais restrita que entrou em vigor hoje (18).

É o segundo confinamento total no país e tem previsão de três semanas de duração.

Neste período, acontece outra data importante para os judeus, o Yom Kippur (Dia do Perdão).

Entre outras medidas, comércio, escolas e hotéis deverão ficar fechados e os moradores não poderão circular além de 500 m de suas residências. Reuniões familiares ou em espaços fechados serão limitadas a 10 pessoas, no máximo.

As restrições causou um protesto de cerca de 400 pessoas em Tel Aviv.

Com 1.169 mortes e 176.933 casos, Israel é o país com maior taxa de transmissão de Covid-19 em relação ao número de habitantes.

A segunda onda da pandemia também atinge a Europa.

Na Inglaterra, por exemplo, novas regras de confinamento entraram em vigor no nordeste do país nesta sexta-feira (18).

Nesta região vivem duas milhões de pessoas.

O Reino Unido é o país europeu com mais mortes (41.794) e registrou 384.087 casos, um deles foi o do primeiro-ministro Boris Johnson.

A prefeitura de Londres cancelou hoje (18) a tradicional queima de fogos na virada do ano para evitar aglomerações.

A Espanha denunciou ataques de hackers chineses a centros de pesquisas de vacinas contra a Covid-19.

A notícia foi publicada nesta sexta-feira pelo jornal El País.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.