A Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda o uso de plasma sanguíneo de convalescentes para tratar pacientes com Covid-19. A informação foi dada... Apenas 10 países não registraram casos de coronavírus: OMS desaconselha uso de plasma no tratamento de pacientes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda o uso de plasma sanguíneo de convalescentes para tratar pacientes com Covid-19.

A informação foi dada nesta segunda-feira (24) pela cientista-chefe da OMS, a pediatra indiana Soumya Swaninathan.

Ela disse que apenas um estudo sobre o assunto foi publicado e não apresentou resultados conclusivos.

Neste domingo (23), o presidente dos EUA, Donald Trump anunciou que esse tipo de tratamento foi autorizado pela agência responsável pela liberação de alimentos e medicamentos do país, a Food and Drug Administration (FDA).

A OMS divulgou hoje (24) que 172 países estão interessados em participar do consórcio de vacinas contra a Covid-19.

Em apenas 10, todos no Pacífico Sul, não foram registrados casos da doença.

Governos da Coreia do Norte e Turcomenistão, países fechados e, portanto, sem credibilidade nos números, não notificaram nenhum caso de coronavírus.

A Itália começou hoje (24) a primeira fase de teste com humanos de uma vacina nacional.

O medicamento está sendo desenvolvido pelo Instituto Lazzaro Spallanzani, de Roma, e pela empresa italiana de biotecnologia ReiThera, que receberam cerca de R$ 53 milhões em recursos públicos.

Na primeira fase, a vacina será aplicada em 90 voluntários, metade entre 18 e 55 anos e outra, entre 65 e 85 anos.

Ele utiliza um adenovírus de chimpanzés para produzir a proteína Spike, que o Covid-19 usa para invadir as células humanas.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.