O ator, roteirista e diretor Carl Reiner morreu ontem (29), de causas naturais, nos Estados Unidos. Ele tinha 98 anos e nasceu em Nova...

O ator, roteirista e diretor Carl Reiner morreu ontem (29), de causas naturais, nos Estados Unidos. Ele tinha 98 anos e nasceu em Nova York.

Reiner foi um dos pioneiros da comédia na TV americana, na década de 1950. Ele foi um dos criadores do Dick van Dyke Show, que foi ao ar entre 1961 e 1966. Reiner recebeu nove Emmys, o prêmio mais prestigiado da TV mundial.

Ele também ficou famoso pela parceria com o comediante Steve Martin. Juntos trabalharam em quatro filmes. Entre eles, os clássicos “Cliente Morto Não Paga” e “Um Espírito Baixou em Mim”, este com a atriz Lily Tomlin.

O último filme que dirigiu foi “A Guerra dos Sexos”, de 1997, com Betty Midler e Dennis Farina. Mas, ele não parou de trabalhar como ator e dublador.

Carl Reiner apareceu em séries famosas de TV, como “Two and a Half Men”, “Loucos por Você” e “Dr House”, e do filme “Onze Homens e Um Segredo”, de 2001, quando contracenou com astros como George Clooney, Brad Pitt, Julia Roberts e Matt Damon.

A última participação foi como dublador de “Toy Story 4”, no ano passado.

Carl Reiner foi casado por 60 anos com a cantora e atriz Estelle Lebost, que morreu em 2008. O filho, Rob Reiner, é ator e diretor de filmes como “Harry e Sally: Feitos Um Para o Outro”, comédia clássica de 1989, com Meg Ryan e Billy Crystal.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.