O Banco Central (BC) revisou as estimativas do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país, para... BC prevê PIB negativo de 4,4% em 2020 e PIB positivo de 3,8% em 2021

O Banco Central (BC) revisou as estimativas do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país, para este ano e 2021.

De acordo com relatório divulgado nesta quinta-feira (17), o PIB de 2020 terá uma queda de 4,4% ante 5% previstos em setembro.

A avaliação do BC é de que a recuperação econômica mundial continua dependente da evolução da Covid-19 e que a “ressurgência da pandemia em algumas das principais economias tem revertido os ganhos na mobilidade e deverá afetar a atividade econômica no curto prazo, após a recuperação parcial ocorrida ao longo do terceiro trimestre. No entanto, os resultados promissores nos testes das vacinas tendem a trazer melhora da confiança e normalização da atividade no médio prazo”.

O relatório aponta que a incerteza sobre o ritmo de crescimento da economia “permanece acima da usual, sobretudo para o período a partir do final deste ano, concomitantemente ao esperado arrefecimento dos efeitos dos auxílios emergenciais”.

Para 2021, a previsão é de um crescimento do PIB de 3,8%.

Em setembro, a estimativa do BC era de 3,9%.

A explicação do BC é que o crescimento da economia brasileira depende do “arrefecimento gradual da crise sanitária, da manutenção do ajuste nas contas públicas e da continuidade das reformas”.

Segundo o relatório Focus, a pesquisa que o BC faz semanalmente com mais de 100 instituições financeiras, as projeções é de PIB negativo de 4,41% em 2020 e de PIB positivo de 3,50% em 2021.

Para este ano, o Banco Mundial prevê um tombo de 5,4% no PIB brasileiro e o Fundo Monetário Internacional (FMI), uma queda ainda maior de 5,8%.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.