O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, a soma de todas as riquezas produzidas no país, subiu 33,1% no terceiro trimestre do ano na... Biden nega que fará “um 3º mandato Obama”: PIB dos EUA sobe 33,1% no 3º trimestre

Nova York (foto Diana Suckeveris)

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, a soma de todas as riquezas produzidas no país, subiu 33,1% no terceiro trimestre do ano na comparação com o trimestre anterior. Mas, o número de pedidos de auxílio-desemprego voltou a crescer.

As informações foram dadas pelo escritório oficial de estatísticas (BEA) do Departamento do Trabalho americano divulgada nesta quarta-feira (25).

No trimestre anterior, o PIB americano despencou 31,4%, a maior queda desde a Grande Depressão, na década de 1930.

Pela estatística do país, que não é mesma do Brasil, por exemplo, a economia dos EUA teve alta de 7,4% em relação ao 2º trimestre, após tombo de 9% nos 3 meses anteriores.

Apesar da recuperação, o Fundo Monetário Internacional (FMI) estimou uma queda de 4,3% do PIB do país em 2020.

Os EUA são os líderes mundiais em números de mortes e casos de Covid-19 e, evidentemente, sofrem os impactos da pandemia na economia.

Um deles é o aumento de pedidos de auxílio-desemprego.

Na semana encerrada na sexta-feira passada (21), 778 mil pessoas pediram o benefício.

Na semana anterior, tinham sido 748 mil.

Ontem (23), o presidente eleito, Joe Biden, concedeu a primeira entrevista exclusiva desde o dia 3.

Foi ao programa Nightly News da rede de TV NBC.

Ele afirmou que seu governo não será um “terceiro mandato de Obama”, de quem foi vice-presidente por oito anos.

Biden declarou que deverá enfrentar “desafios únicos” que não existiam quando foi vice.

“Estamos em um mundo totalmente diferente do que estávamos durante a administração Obama-Biden. O presidente [Donald] Trump mudou todo o cenário”.

Ele prometeu representar todo o “espectro do povo americano, assim como todo o espectro presente dentro do Partido Democrata. Eu quero esse país unido”.

Horas antes, Biden apresentou parte da equipe do futuro governo e começou oficialmente a transição até a posse no dia 20 de janeiro.

Entre os novos dirigentes, estão a primeira mulher chefe da Inteligência e o primeiro latino na Segurança Interna e Imigração.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.