A Justiça condenou o blogueiro Eduardo Guimarães a pagar uma indenização ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP). Em janeiro, Guimarães publicou no... Blogueiro terá que indenizar governador de SP

A Justiça condenou o blogueiro Eduardo Guimarães a pagar uma indenização ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP).

Em janeiro, Guimarães publicou no Blog da Cidadania, do qual é o responsável, uma denúncia sobre um suposto funcionário de Doria que, em 2013, teria gasto dinheiro público num conhecido ponto de prostituição, em Brasília.

Só que, ele nunca integrou a equipe do governador. Ele era diretor financeiro da Agência de Fomento do estado na gestão do antecessor Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e perdeu o cargo em 2015, quatro anos do início do mandato de Doria.

Na sentença, o juiz Gustavo Henrique Bretas Marzagão, da 35ª Vara Cível de São Paulo, afirmou que a publicação teve o claro intuito de causar dano à imagem do governador. “É fake news, o que não encontra guarida na garantia constitucional da liberdade de expressão e imprensa.”

O blogueiro disse que, houve um equívoco sem intenção de ofender e que corrigiu o texto assim que soube do erro. Guimarães também publicou uma retratação.

O juiz não aceitou o argumento da defesa e que houve “má-fé” e que o blog só retirou a denúncia do ar ao receber uma liminar da Justiça, em abril. A nota fiscal emitida pelo estabelecimento de Brasília, com data de 2013, e que foi publicada pelo blogueiro, era fato mais do que evidente que o diretor não era funcionário do governo Doria, completou o juiz.

Eduardo Guimarães foi condenado a pagar uma indenização de R$ 20 mil ao governador de São Paulo, mas ele ainda pode recorrer da decisão.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.