“Queria dizer a essa imprensa maravilhosa nossa que eu não quero acabar com a Lava Jato… eu acabei com a Lava Jato, porque não... Bolsonaro afirma que acabou com a Lava Jato “porque não tem mais corrupção no governo”

“Queria dizer a essa imprensa maravilhosa nossa que eu não quero acabar com a Lava Jato… eu acabei com a Lava Jato, porque não tem mais corrupção no governo. Eu sei que isso não é virtude, é obrigação. Para nós, fazemos um governo de peito aberto”.

A declaração acima é do presidente Jair Bolsonaro, durante o lançamento do programa Voo Simples, no Palácio do Planalto, na tarde desta quarta-feira (7).

A Lava Jato deflagrou 75 etapas desde 2014.

Entre os alvos, há políticos aliados do governo como o líder na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR).

A própria família Bolsonaro é suspeita de desvio de dinheiro público como no caso da “rachadinha”, o esquema montado no gabinete de um dos filhos, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), quando era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Agora, surgiu mais uma denúncia.

O presidente fez uma doação irregular de R$ 10 mil em dinheiro vivo para a campanha de outro filho, o vereador Carlos (Republicanos-RJ), candidato à reeleição para o sext0 mandato na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), doações em dinheiro acima de R$ 1.064,10 só podem ser feitas por transferência bancária ou cheque cruzado e nominal.

A regra vale desde o ano passado e tem como objetivo evitar a lavagem de dinheiro nas eleições.

Depósitos acima de R$ 10 mil são comunicados automaticamente ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Se não houver comprovação legal da origem do dinheiro, pode configurar crime financeiro.

Carlos Bolsonaro declarou à justiça eleitoral ter um patrimônio de R$ 20 mil em espécie.

O mesmo procedimento se repetiu nas eleições de 2012 e 2016.

Para este ano, além da doação do pai, o vereador transferiu R$ 10 mil da própria conta bancária para as despesas de campanha.

O uso de dinheiro em espécie é uma prática antiga da família Bolsonaro quando vai comprar imóveis, pagamentos de boletos e outras transações comerciais.

De volta à Brasília. Jair Bolsonaro e os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Juliano Norman; e o empresário Luciano Hang, um dos maiores devedores do fisco, participaram do lançamento do Voo Simples.

(foto Beno Suckeveris)

É um conjunto de mais de 50 medidas de modernização de regras e redução de custos no setor da aviação geral, um dos mais afetados pela pandemia do coronavírus.

Entre elas, a regulamentação de pousos e decolagens em rios, o que hoje só é possível em situações de emergência.

O governo acredita que a liberação vai ajudar populações ribeirinhas e até estimular o turismo em aviões anfíbios na Amazônia, como enfatizou Bolsonaro.

“Por que não estimularmos a Amazônia para turismo, para mostrar para gringo que aquele trem não pega fogo?”

Equipe TV Democracia
Últimos posts por Equipe TV Democracia (exibir todos)

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103