O presidente Jair Bolsonaro voltou a ignorar a necessidade do distanciamento social como medida de prevenção contra a Covid-19. Em publicação nesta quinta-feira (19)... Bolsonaro e o ministério da Saúde ignoram o distanciamento social como medida de prevenção do Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro voltou a ignorar a necessidade do distanciamento social como medida de prevenção contra a Covid-19.

Em publicação nesta quinta-feira (19) em uma rede social, ele repetiu as recomendações adotadas pelo ministério da Saúde a partir de junho.

“Aos primeiros sintomas procure um médico e inicie o tratamento precoce. Não espere sentir falta de ar para tomar essa decisão de procurar um médico e iniciar o tratamento precoce”.

Sem citar que o país é o segundo com mais mortes e o terceiro com mais casos no mundo, o presidente disse que o “Brasil é um dos países que tem o maior número de recuperados da Covid-19”.

Bolsonaro reafirmou a prioridade na atividade econômica acima da saúde, como fez nesta quarta-feira (18), em um evento público em Goiás: “Se o ‘fique em casa’ fosse aplicado no campo, teríamos desabastecimento, fome, miséria e problemas sociais”.

Na mesma cerimônia, ele elogiou o trabalhador do campo por ter se mantido ativo e não ter sido um “frouxo” durante a pandemia.

Ontem à noite, o ministério da Saúde explicou o motivo de ter apagado uma postagem em uma rede social, na qual defendia o isolamento social e desestimulava o uso de medicamentos sem eficácia comprovada pela ciência, como a hidroxicloroquina.

Em nota, a pasta disse que as recomendações “tinham informações equivocadas devido a um erro humano” e reforçou a “importância do atendimento precoce contra a Covid-19 e que o protocolo de tratamento para a doença e uso de medicamentos está a critério dos profissionais de saúde, em acordo com a vontade dos pacientes”.

O ministério omite referências ao isolamento social e cita apenas a lavagem de mãos e o uso de álcool em gel e de máscara como medidas de prevenção.

Mais cedo, o tuíte apagado afirmava que “é importante lembrar que, até o momento, não existem vacina, alimento específico, substância ou remédio que previnam ou possam acabar com a covid-19. A nossa maior ação contra o vírus é o isolamento social e a adesão das medidas de proteção individual”.

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103