O presidente Jair Bolsonaro escolheu o secretário da Educação e Esporte do Paraná, Renato Feder, para ministro da Educação. O anúncio da nomeação deve... Bolsonaro vai anunciar Renato Feder como novo ministro da Educação

O presidente Jair Bolsonaro escolheu o secretário da Educação e Esporte do Paraná, Renato Feder, para ministro da Educação. O anúncio da nomeação deve acontecer ainda hoje (3).

A escolha foi decidida ontem à noite, em Brasília. Bolsonaro conversou com Feder pela segunda-vez. Eles já haviam se encontrado na véspera da nomeação de Carlos Alberto Decotelli para o ministério. Na ocasião, Feder só não assumiu o ministério da Educação (MEC), por suas ligações com o governador de São Paulo e hoje ex-aliado de Bolsonaro, João Doria (PSDB).

O cargo estava vago desde segunda-feira (29), quando Decotelli pediu demissão e o presidente anulou a nomeação.

Feder será o terceiro ministro da Educação em um ano e meio de governo. Antes dele, estiveram Ricardo Vélez Rodríguez e Abraham Weintraub. Ele tem 42 anos, é formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP). Foi professor de Matemática por oito anos, e de economia por quatro anos, no Mackenzie. Também foi diretor do colégio Alef por oito anos.

O novo ministro foi executivo da Multilaser, empresa de eletrônicos e informática do Paraná, e assessor voluntário da secretaria de Educação de São Paulo.

Feder assumiu a secretaria de Educação e Esporte do governador Ratinho Jr (PSD-PR), em 2019. O estado foi elogiado por especialistas em educação por montar rapidamente um sistema de ensino à distância com aulas online durante a pandemia.

O PSD faz parte do chamado Centrão, o grupo dos partidos aliados do presidente Bolsonaro.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.