O Brasil se aproxima de 182 mil mortes por Covid-19. De acordo com o levantamento do consórcio de veículos de imprensa divulgado às 8h... Bolsonaro vai liberar R$ 20 bilhões para compra de vacinas: país está perto das 182 mil mortes por Covid-19

O Brasil se aproxima de 182 mil mortes por Covid-19.

De acordo com o levantamento do consórcio de veículos de imprensa divulgado às 8h desta terça-feira (15), 181.939 pessoas morreram e outras 6.929.409 foram contaminadas pelo coronavírus no país.

Nas últimas 24h foram registrados 520 óbitos e 27.419 casos.

Entre as vidas perdidas estão as do cantor e músico do Roupa Nova, Paulinho, de 68 anos, e do jornalista esportivo Orlando Duarte, de 88.


A média móvel de mortes (650) dos últimos 7 dias é 24% acima da variação de 2 semanas anteriores.

A média móvel de casos (43.049) dos últimos 7 dias é 13% superior a de 14 dias atrás.

Até a noite desta segunda-feira (14), os números de mortes estavam em alta no Distrito Federal e em 17 estados (São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Amapá, Paraíba, Acre, Roraima, Rio Grande do Norte e Tocantins).

A situação era de estabilidade em 6 estados: Rio de Janeiro, Rondônia, Goiás, Pará, Piauí e Sergipe.

Em apenas 3 estados (Ceará, Amazonas e Maranhão), a curva da pandemia estava em queda.

O presidente Jair Bolsonaro deverá assinar nesta terça-feira (15) duas Medidas Provisórias (MPs), uma que abre crédito de R$ 20 bilhões para a compra de vacinas contra a Covid-19, e outra que determina que a vacinação não será obrigatória e que o interessado deverá assinar um termo de responsabilidade.

O procedimento não foi adotado em nenhum lugar do mundo e dificilmente será aprovado pelo Congresso ou pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo especialistas de saúde, não faz sentido exigir o termo de responsabilidade a partir do momento em que a vacina é autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ou agências similares no exterior.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *