O Brasil passou das 179 mil mortes por Covid-19. De acordo com o levantamento do consórcio de veículos de mídia divulgado às 8h desta... Brasil passa de 179 mil mortes por Covid-19: números estão em alta no DF e 21 estados

(foto Beno Suckeveris)

O Brasil passou das 179 mil mortes por Covid-19.

De acordo com o levantamento do consórcio de veículos de mídia divulgado às 8h desta quinta-feira (10), o país perdeu 179.032 vidas.

A pandemia do coronavírus também infectou 6.730.118 pessoas.

Nas últimas 24h foram registradas 848 mortes, o maior desde 12 de novembro (926) e 54.203 casos.

A média móvel de óbitos (643) dos últimos 7 dias é a mais alta desde 6 de outubro e representa 34% a mais do que a de 14 dias atrás.

A média móvel de casos (41.926) dos últimos 7 dias é 33% superior a de 2 semanas atrás.

Pela primeira vez desde o início do levantamento em julho, os números de mortes por Covid-19 estão em alta em 21 estados e no Distrito Federal (DF).

Até a noite desta quarta-feira (9), a curva estava em alta no DF e nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santos, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Acre, Amapá, Rondônia, Tocantins, Roraima, Bahia, Ceará, Pernambuco, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A situação era de estabilidade nos estados do Rio de Janeiro, Pará e Alagoas.

A curva de mortes estava em queda em apenas dois estados: Amazonas e Maranhão.

Nesta quinta-feira (10), o Instituto Butantan de São Paulo vai anunciar o cronograma de produção da vacina Coronavac contra Covid-19, que é desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

O Butantan deverá produzir 40 milhões de doses da vacina, que ainda depende de aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

(foto Beno Suckeveris)

Ontem (9), a prefeitura de Belo Horizonte anunciou que vai comprar a Coronavac de São Paulo.

No Rio Grande do Norte, foi confirmado o primeiro caso de reinfecção no Brasil.

Trata-se de uma médica de 37 anos que mora em Natal e trabalha também na vizinha Paraíba.

O caso estava sendo investigado desde 23 de outubro.

A paciente testou positivo para Covid-19 pela primeira vez, em junho, quando fez o teste RT-PCR na Paraíba.

Ela ficou isolada e se recuperou, mas, no dia 11 de outubro, voltou a contrair a doença.

O resultado positivo foi confirmado em novo teste realizado na Paraíba no dia 13 de outubro.

Desde então, pesquisadores do Rio Grande do Norte e da Paraíba iniciaram a apuração do caso e encaminharam amostras da paciente para análise na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

O laboratório da Fiocruz constatou a presença de linhagens diferentes da Covid-19, o que confirmou ser um caso de reinfecção.

Outros nove casos estão em investigação no Rio Grande do Norte: sete na capital Natal e os outros dois em duas cidades vizinhas, São Gonçalo do Amarante e Parnamirim.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *