O Brasil se aproxima das 185 mil mortes por Covid-19. O país chegou a 184.876 óbitos e 7.111.527 casos de coronavírus às 8h desta... Brasil se aproxima de 185 mil mortes por Covid-19: média móvel de casos é a maior desde março

(foto Beno Suckeveris)

O Brasil se aproxima das 185 mil mortes por Covid-19.

O país chegou a 184.876 óbitos e 7.111.527 casos de coronavírus às 8h desta sexta-feira (18).

Os dados são do consórcio de veículos de imprensa.

O aumento dos números está diretamente ligado à normalização das informações enviadas pelo estado de São Paulo, que ficou um dia sem fornecê-las ao ministério da Saúde.

Nas últimas 24h o Brasil voltou a registrar mais de mil mortes por dia (1.054), o que não acontecia desde 15 de setembro (1.090), e teve mais 68.832 casos.

A média móvel de mortes (725) dos últimos 7 dias é a maior desde 21 de setembro (748) e 27% acima da média de 14 dias atrás.

A média móvel de casos (46.855) dos últimos 7 dias é a maior desde março e 10% superior a de 2 semanas atrás.

Até a noite desta quinta-feira (17), a curva de mortes estava em alta no Distrito Federal e em 16 estados: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amapá, Pará, Alagoas, Bahia, Paraíba, Sergipe e Rio Grande do Norte.

A situação era estável em 8 estados: São Paulo, Goiás, Amazonas, Roraima, Rondônia, Ceará, Pernambuco e Tocantins.

Em apenas dois estados (Maranhão e Piauí), os números de mortes estavam em queda.

Na manhã desta sexta-feira (18), o governo de São Paulo recebeu mais 2 milhões de doses da vacina Coronavac contra Covid-19 vindas da China.

O avião com a terceira remessa do laboratório chinês Sinovac desembarcou no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

O governador João Doria (PSDB-SP) esteve no local ao lado do secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, e do diretor do Instituto Butantan, parceiro brasileiro na fabricação da Coronavac, Dimas Covas.

“Agora com a chegada desses 2 milhões, temos 3 milhões e 120 mil doses já em solo brasileiro sendo processada pelo Instituto Butantan”, disse Doria.

Na próxima semana, o Butantan deverá entregar o pedido de uso emergencial da vacina à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *