O Brasil votou hoje contra uma resolução na Organização das Nações Unidas (ONU) que reconhece o direito internacional nos territórios ocupados da Palestina e... Brasil vota a favor de Israel em resolução da ONU


O Brasil votou hoje contra uma resolução na Organização das Nações Unidas (ONU) que reconhece o direito internacional nos territórios ocupados da Palestina e que condena a violência na região. A resolução também pede que os responsáveis por crimes sejam levados à Justiça e reconhece o papel do Tribunal Penal Internacional.

O voto brasileiro não impediu que o documento fosse aprovado no Conselho de Direitos Humanos por 22 fotos a favor, 8 contra e 17 abstenções. Todos os países sul-americanos, com exceção do Brasil, aprovaram a resolução.

A guinada da postura do Itamaraty em relação ao Oriente Médio mudou com o governo Bolsonaro, que deixou de lado a diplomacia de décadas para tomar partido claramente a favor de Israel. O presidente chegou a prometer o reconhecimento de Jerusalém como capital do país, fato que transferiria a embaixada que hoje está em Tel Aviv. Os governos árabes ficaram irritados com esta atitude.

Há duas semanas, o chanceler palestino, Riyad al-Maliki criticou a postura brasileira. Para ele, o país estava sofrendo uma perda da reputação internacional e que fazia declarações contraditórias. “Se de um lado, ouvimos o presidente Jair Bolsonaro e filhos aderirem completamente ao lado dos ocupantes, se referindo à Israel, dando direito total à ocupação e contra a auto-determinação da Palestina, ao mesmo tempo, eles negam o direito internacional e a implementação das resoluções da ONU”, disse o ministro palestino.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.