Os aeroportos de Brasília e Salvador reabriram para voos internacionais nesta quinta-feira (3). Eles não recebiam voos internacionais há quase seis meses. Os dois... Brasília e Salvador voltam a receber voos internacionais: Congonhas reabre pista principal no fim de semana

(foto Beno Suckeveris)

Os aeroportos de Brasília e Salvador reabriram para voos internacionais nesta quinta-feira (3).

Eles não recebiam voos internacionais há quase seis meses.

Os dois aeroportos receberam voos vindos de Lisboa, Portugal.

Em Salvador, a previsão é de retomada das operações aéreas para o Chile em outubro, e para a Espanha, em novembro.

A capital baiana avança na flexibilização da quarentena.

A partir de hoje (3), os eventos, que eram limitados até 50 pessoas, poderão receber no máximo 100.

Em Brasília, cinemas e teatros voltaram a funcionar e as restrições a parques, clubes, templos e academias foram reduzidas.

As piscinas, por exemplo, poderão ser reabertas, mas para uso esportivo.

Todos os locais deverão respeitar os protocolos de saúde e de distanciamento social.

O aeroporto de Congonhas em São Paulo deve entregar no sábado (5) a pista principal. Ela ficou fechada por um mês para reforma.

Apesar das boas notícias sobre os aeroportos de Brasília, Salvador e São Paulo, as poucas viagens internacionais estão praticamente proibidas para quem sai do Brasil.

Europa, EUA, Austrália, Argentina, entre outros destinos, não permitem a entrada de quem vem do Brasil, exceto em casos especiais.

A maioria é barrada nos aeroportos e precisa cumprir quarentena, efeito da falta de controle da pandemia no país.

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103