Depois de mais de 8 meses, o Chile reabriu as fronteiras aéreas nesta segunda-feira (23) para estrangeiros que não residam no país. Por enquanto,... Chile reabre fronteiras aéreas para turistas estrangeiros

Aeroporto de Sydney (foto Beno Suckeveris)

Depois de mais de 8 meses, o Chile reabriu as fronteiras aéreas nesta segunda-feira (23) para estrangeiros que não residam no país.

(foto Beno Suckeveris)


Por enquanto, os turistas só podem desembarcar no Aeroporto Internacional de Santiago.

Para entrar no Chile, eles precisam apresentar teste negativo para Covid-19 feito 72h antes do voo e serão rastreados por, no mínimo, 14 dias.

A medida é temporária e vale até o dia 7 de dezembro.

Segundo os números da pesquisa da Universidade Johns Hopkins (EUA) divulgados às 16h desta segunda-feira (23), o Chile teve 540.640 casos e 15.069 mortes desde o início da pandemia.

No entanto, nas últimas 24h, foram registrados 1.497 infectados e 39 óbitos, bem longe dos recordes de casos (13.990 no dia 6 de junho) e de mortes (1.057 no dia 17 de julho).

O Chile é conexão para o voo mais curto da América do Sul para a Austrália, que nesta segunda-feira (23) levantou as barreiras terrestres e aéreas entre os estados de Victoria e New South Gales.

Elas estavam fechadas desde junho, quando houve um surto de Covid-19 na região metropolitana de Melbourne, a segunda maior cidade do país e capital de Victoria.

As divisas não eram fechadas desde 1919, quando houve a pandemia de gripe espanhola.

Hoje, cerca de 4 mil passageiros vindos de mais de 20 voos de Melbourne desembarcaram no aeroporto de Sydney, a maior metrópole australiana.

O movimento também foi grande nas rodovias entre os dois estados.

A reabertura das divisas acontece no momento em que a pandemia do coronavírus está sob controle na Austrália.

Nas últimas 24h, ninguém morreu e foram registrados apenas 13 casos de Covid-19.

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *