A China e a Coreia do Sul aderiram à Aliança Mundial de Vacinas, a Covax Facility, nesta sexta-feira (9). Segundo a Organização Mundial da... China e Coreia do Sul aderem à Aliança Mundial de Vacinas: agora são 171 países participantes do programa da OMS

A China e a Coreia do Sul aderiram à Aliança Mundial de Vacinas, a Covax Facility, nesta sexta-feira (9).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) que lidera o programa, já são 171 países integrantes.

O diretor-geral da OMS, o etíope Tedros Adhanom, disse que a agência acompanha atentamente o segundo avanço da pandemia da Covid-19 na Europa.

Sobre a situação da Espanha, cujo governo do primeiro-ministro Pedro Sánchez decretou medidas mais rígidas na região metropolitana da capital Madri, ele declarou que, o número de mortes não está acompanhando o aumento de casos, o que para ele é um progresso.

As restrições à circulação de moradores de Madri foram contestadas pela prefeitura local.

A Espanha é o sexto do mundo em número de casos (848.324) e está entre os 10 com mais mortes (32.688).

Escócia, Alemanha e Portugal também estão preocupados com a segunda onda da pandemia.

Em Portugal, pela primeira vez em seis meses, nas últimas 24h foram registrados mais de mil casos (1.278).

Lisboa

Desde o início da pandemia, o país registrou 82.534 casos e 2.050 mortes.

De acordo com a pesquisa da Universidade Johns Hopkins (EUA) divulgada às 14h desta sexta-feira (9), o planeta já registrou 1.063.863 mortes e 36.669.238 casos.

Os EUA seguem em primeiro com 213.016 óbitos e 7.620.052 infectados.

Um deles, o presidente Donald Trump, vai retomar a campanha eleitoral a partir de amanhã (10).

Ele contraiu a Covid-19 há uma semana e, teoricamente, deveria continuar em isolamento.

Pelos protocolos médicos, o presidente precisaria testar negativo para ser liberado para comparecer a eventos públicos.

No entanto, Trump tentará recuperar o tempo perdido para reverter as pesquisas eleitorais que indicam vitória do democrata Joe Biden nas eleições do dia 3 de novembro.

O presidente americano rejeitou que o próximo debate com o adversário seja feito por modo virtual. Ele está marcado para a próxima semana, em Miami, na Flórida.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.