Pesquisadores da Universidade australiana John Monash, de Melbourne, criaram um teste rápido que pode determinar se uma pessoa está infectada ou se já teve... Cientistas australianos desenvolvem um teste rápido para detecção de coronavírus

Pesquisadores da Universidade australiana John Monash, de Melbourne, criaram um teste rápido que pode determinar se uma pessoa está infectada ou se já teve Covid-19. Basta coletar uma amostra de sangue e esperar cerca de 20 minutos para sair o resultado.

A pesquisa foi publicada nesta sexta-feira (17) pela ACS Sensors, revista da Sociedade Americana de Química.

O teste utiliza 25 microlitros de plasma da amostra de sangue para rastrear aglutinação ou um agrupamento de glóbulos vermelhos causado pelo coronavírus. Hoje, o exame de swab, aquele do cotonete, só consegue identificar se a pessoa foi infectada pelo vírus. O teste australiano vai além ao descobrir se alguém já teve Covid-19 mesmo depois da infecção ter sido curada.

Os estudos mostraram que centenas de amostras podem ser colhidas a cada hora com o novo teste, que também poderá ser usado para detectar um aumento de anticorpos criados em resposta à vacinação. Uma ajuda importante no momento em que há 163 vacinas contra o coronavírus sendo testadas em todo o mundo.

Uma patente para a inovação já foi registrada e o próximo passo é conseguir apoio financeiro para aumentar a produção.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.