A maconha e a resina derivada da cannabis saíram da lista das substâncias consideradas perigosas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Por 27 votos... Comissão das Nações Unidas retira a maconha da lista de drogas perigosas

A maconha e a resina derivada da cannabis saíram da lista das substâncias consideradas perigosas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por 27 votos a favor, 22 contra e uma abstenção, a Comissão de Drogas Narcóticas das Nações Unidas aprovou a reclassificação da maconha e da resina nesta quarta-feira (2).

Ela atendeu a uma recomendação da própria OMS, que reconheceu que as substâncias podem produzir “vantagens terapêuticas” e que não “particularmente suscetíveis a abusos e à produção de efeitos danosos”.

A proposta para a retirada de todas as listas de alguns componentes da cannabis foi rejeitada pelos países participantes da comissão.

A decisão não altera o poder dos governos estabelecerem políticas e controles contra o tráfico da droga e derivados.

A legalização do consumo ou a descriminalização da maconha já foi aprovada no Uruguai, Argentina, Canadá, Geórgia e em várias partes dos EUA. O México deverá seguir o mesmo caminho nos próximos dias.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.