> A juíza Luiza Barros Rozas Verotti condenou o Corinthians a pagar R$ 21,5 milhões à prefeitura de São Paulo. A decisão foi publicada... Corinthians é condenado pela Justiça-SP por apropriação de rua


>

A juíza Luiza Barros Rozas Verotti condenou o Corinthians a pagar R$ 21,5 milhões à prefeitura de São Paulo. A decisão foi publicada nesta quinta-feira, no Diário de Justiça de SP. O clube vai recorrer da decisão.

A prefeitura e o Corinthians brigam há 10 anos por causa do uso de uma rua como estacionamento privado.Ela fica em frente à sede do Parque São Jorge, no Tatuapé, zona leste da capital paulista.

O clube já havia sido condenado a devolver a área para a prefeitura. Em 2015, havia retirado grades e muros que delimitavam o espaço. Mas, só agora o valor da indenização foi fixado pela Justiça.

O Corinthians havia recebido o terreno gratuitamente da prefeitura em 1996. Foi uma concessão pública de 99 anos. Na gestão do então prefeito Gilberto Kassab (DEM-SP), o município entrou com uma ação de reintegração de posse alegando irregularidades.

A condenação atinge o Corinthians num momento de péssima situação econômica. Na semana passada, por exemplo, R$ 23 milhões foram penhorados pela Justiça.

O clube divulgou hoje que o presidente Andrés Sanchez testou positivo para coronavírus, mas não apresentou os sintomas da doença. Dos 27 jogadores do elenco, 21 foram infectados. A maioria já está recuperada.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.