O número de casos de coronavírus quadruplicou em junho, na região metropolitana de Buenos Aires, na Argentina. Por isso, regras mais rígidas de quarentena... Coronavírus: Buenos Aires recua nas regras de quarentena

O número de casos de coronavírus quadruplicou em junho, na região metropolitana de Buenos Aires, na Argentina. Por isso, regras mais rígidas de quarentena foram retomadas nesta quarta-feira (1º).

A polícia montou barreiras nos principais acessos da metrópole. A medida provocou longos congestionamentos. Os transportes coletivos foram limitados apenas para os trabalhadores de serviços essenciais.

Mais de 70 mil estabelecimentos comerciais foram fechados. Apenas mercados e farmácias podem funcionar.

O recuo na flexibilização da quarentena na província mais rica e populosa da Argentina acontece num péssimo momento econômico do país. A Argentina está em recessão há mais de um ano. Em abril, o PIB (Produto Interno Bruto), a soma de todos os produtos e serviços produzidos, teve queda recorde de 26,4%. Nove de 10 famílias argentinas estão com dívidas.

A crise econômica foi colocada em segundo plano pelos políticos. O presidente Alberto Fernández e os principais líderes da oposição deixaram as diferenças de lado e trataram o combate ao coronavírus como prioridade nacional. O país já registrou 1.310 mortes por coronavírus e se não houver uma estabilização no número de casos com a quarentena iniciada hoje. ela poderá se estender além do prazo final previsto para o próximo dia 17.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *