A segunda maior metrópole da Austrália, Melbourne (foto), decretou hoje (7) um período de quarentena por pelo menos seis semanas. Só nas últimas 24h... Coronavírus: Melbourne entra em quarentena por 6 semanas

A segunda maior metrópole da Austrália, Melbourne (foto), decretou hoje (7) um período de quarentena por pelo menos seis semanas. Só nas últimas 24h foram registrados 191 casos de coronavírus na região.

O primeiro-ministro do estado de Victoria, onde fica Melbourne, Daniel Andrews, declarou que “não podemos fingir que a pandemia de Covid-19 terminou. Esta é a única decisão possível, porque em caso contrário, potenciamente, teremos milhares e milhares de casos adicionais”.

Entre as medidas adotadas, estão o fechamento de escolas e universidades, que só poderão dar aulas de maneira virtual, e de restaurantes e cafés, que ficarão abertos apenas para venda de comidas e bebidas para retirada.

O confinamento estava restrito a cerca de 300 mil moradores de subúrbios de Melbourne. Agora foi estendido para quase cinco milhões de pessoas que vivem na região metropolitana.

Nesta segunda-feira (6), o governo do estado vizinho de New South Gales, onde fica Sydney, a maior cidade da Austrália, fechou a divisa com Victoria.

Policiais e militares, com aviões e drones, controlam dezenas de pontos da fronteira.

Sydney, que já foi o epicentro nacional do coronavírus, está em fase adiantada de flexibilização das regras de quarentena.

A Austrália registrou 8.755 casos da doença e 106 mortes.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *