O país terminou junho com 11,8 milhões de desempregados, 1,7 milhão a mais do que em maio. A alta de 16,6% no período foi... Desemprego subiu 16,6% em junho e atinge 11,8 milhões de brasileiros

O país terminou junho com 11,8 milhões de desempregados, 1,7 milhão a mais do que em maio. A alta de 16,6% no período foi registrada pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Covid-19) divulgada nesta quinta-feira (23).

O levantamento, feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com apoio do ministério da Saúde, identifica os impactos da pandemia no mercado de trabalho.

A taxa de desocupação cresceu de 10,7% para 12,4%. “Esse aumento do desemprego tem relação direta com a flexibilização do distanciamento social. Isso implicou no aumentou da população em busca de trabalho, já que o número de pessoas que não buscavam trabalho por causa da pandemia reduziu frente a maio. Elas voltaram a pressionar o mercado”, explicou o diretor adjunto de pesquisas do IBGE, Cimar Azevedo.

Mais de 7,1 milhões de trabalhadores que estavam afastado do trabalho, não tiveram remuneração em junho. Em maio, eram cerca de 14,8 milhões.

“É importante acompanhar esse grupo, junto com os desocupados, desalentados e a força de trabalho potencial, porque é um conjunto de pessoas sem rendimentos de trabalho. Essas variáveis podem orientar as decisões de manutenção de programas de transferência de renda”, disse Azevedo.

A partir desta sexta-feira (24), o trabalhador poderá pedir que o seguro-desemprego seja depositado na conta bancária da qual seja o titular.

Antes desta mudança, o benefício somente podia ser pago por meio de depósito em conta poupança ou conta corrente para clientes da Caixa Econômica Federal (CEF); por uso do Cartão Cidadão, com saque nos caixas eletrônicas da CEF; ou presencialmente nas agências do banco mediante apresentação de documento de identificação.

A medida foi anunciada hoje (23), pelo secretário de Trabalho do ministério da Economia. Segundo Bruno Dalcolmo, ela vai facilitar o acesso ao seguro-desemprego aos beneficiados em tempos de pandemia do coronavírus.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.