A Emirates é a primeira empresa aérea que oferece seguro gratuito contra o coronavírus para tentar atrair a volta de passageiros. Os viajantes terão... Emirates oferece seguro gratuito contra coronavírus como chamariz para atrair passageiros

(foto Beno Suckeveris)

A Emirates é a primeira empresa aérea que oferece seguro gratuito contra o coronavírus para tentar atrair a volta de passageiros.

Os viajantes terão cobertura para tratamento médico, quarentena em hotéis e até nos gastos com funeral, caso adoeçam durante e depois da viagem.

O diretor da companhia, Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, disse que “as pessoas estão desejando voar na medida em que as fronteiras do mundo estão reabrindo, mas eles estão buscando flexibilidade e garantias caso aconteça algo imprevisto nas suas viagens”.

O seguro já está em vigor e a oferta é válida por 31 dias a partir do primeiro voo. A cobertura é gratuita para todos os passageiros, independente da classe de viagem ou destino, e é aplicada automaticamente sem necessidade de cadastro prévio.

A apólice cobre gastos médicos de até US$ 176,5 mil (cerca de R$ 990 mil), gastos com hotéis de até 100 euros (R$ 600) a diária, já incluindo o tempo de quarentena.

No caso de morte do passageiro por Covid-19, o seguro paga gastos de funerais até 1,5 mil euros (aproximadamente R$ 9 mil).

A Emirates, que tinha 60.000 funcionários antes da pandemia, já demitiu 6.000 e poderá afastar mais 3.000 nos próximos meses.

A companhia aérea vai retomar os voos semanais de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para São Paulo no dia 2 de agosto. As operações entre Dubai e Rio de Janeiro só vão recomeçar no dia 1º de setembro.

Por causa da pandemia, 2020 já é o pior ano da história da aviação comercial. A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) estima um prejuízo de US$ 84 bilhões (cerca de R$ 430 bilhões), uma queda de 50% em comparação a 2019.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.