Mais uma vacina contra o coronavírus começa a ser testada em humanos. Ela está sendo desenvolvida pela farmacêutica francesa Sanofi e pela britânica GSK,... EUA e UE correm para aprovar vacina contra coronavírus até novembro: Doria promete vacina em janeiro

Mais uma vacina contra o coronavírus começa a ser testada em humanos.

Ela está sendo desenvolvida pela farmacêutica francesa Sanofi e pela britânica GSK, que anunciaram nesta quinta-feira (3), que vão fazer os testes com 400 voluntários.

Se tudo correr bem, a vacina deverá chegar ao mercado no primeiro semestre do ano que vem.

A União Europeia (UE) e os EUA correm contra o tempo para ter uma vacina contra a Covid-19 ainda em 2020.

O governo americano quer que os laboratórios acelerem os processos para aprovação do produto em outubro, antes da eleição presidencial do dia 3 de novembro.

A UE prevê para novembro a entrega da encomenda de 300 milhões de doses da vacina desenvolvida pela Universidade Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca.

No entanto, os cientistas não querem antecipar os protocolos. O planejamento é para terminar os últimos testes clínicos com humanos em junho de 2021.

Em São Paulo, o governador João Doria (PSDB-SP) declarou que a Coronavac, a vacina feita em parceria entre o laboratório chinês Sinovac e pelo Instituto Butantan, deverá ser submetida para aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em novembro.

Com o aval da Anvisa, a produção começaria em dezembro e a vacina chegaria gratuitamente à população, em janeiro, prometeu o governador paulista.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.