O ex-deputado federal José Mentor (PT-SP) morreu na madrugada deste sábado (25), no hospital 9 de Julho, na capital paulista. Mentor, de 71 anos,... Ex-deputado federal José Mentor (PT-SP) morre aos 71 anos,  vítima do coronavírus

O ex-deputado federal José Mentor (PT-SP) morreu na madrugada deste sábado (25), no hospital 9 de Julho, na capital paulista. Mentor, de 71 anos, estava internado há duas semanas, com Covid-19, que contraiu quando se recuperava de um infarto sofrido há dois meses. O corpo de Mentor foi sepultado na tarde deste sábado, no Cemitério Congonhas, na zona sul de São Paulo.

Ele era advogado e começou a carreira política no movimento estudantil. Foi um dos fundadores do PT, vereador, deputado estadual e deputado federal por quatro mandatos, entre 2003 e 2019.

Mentor chegou a ser denunciado em inquérito aberto na Operação Lava Jato pelo ex-Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, em maio de 2017.

Segundo Janot, o então deputado federal, que era investigado desde março de 2015, teria cometido os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Ele teria recebido R$ 380 mil do doleiro Alberto Youssef, em fevereiro de 2014. O dinheiro teria sido repassado a pedido do então deputado petista André Vargas (sem partido-PR). Em troca, Mentor ajudaria a viabilizar a contratação de uma empresa de tecnologia da informação pela Caixa Econômica Federal. O contrato era de R$ 71 milhões.

Em delação premiada, o doleiro disse ter entregue o dinheiro pessoalmente a Mentor, em um escritório em São Paulo.

A denúncia foi arquivada por falta de provas, em outubro de 2018, pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF)

Numa rede social, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) lamentou a morte do colega de Congresso. “Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento de um grande amigo, o ex-deputado José Mentor. Infelizmente, ele foi mais uma vítima da Covid-19. Ele foi um grande advogado, referência nas discussões jurídicas em relação a diversas propostas legislativas, e muito atuante da CPI do Banestado, que foi relador, e eu, vice-presidente. Deixo meu abraço aos familiares e minha solidariedade neste momento tão difícil”.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.