O ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT-MG) foi absolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-MG). A sentença saiu nesta quarta-feira (22). Pimentel... Fernando Pimentel (PT-MG) é absolvido de acusação de caixa 2 na campanha de 2010

O ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT-MG) foi absolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-MG). A sentença saiu nesta quarta-feira (22).

Pimentel foi denunciado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE-MG) por desvio de dinheiro durante a campanha ao Senado, em 2010, quando não foi eleito.

O juiz afirmou que não foram colhidas provas da denúncia e que as que foram produzidas não são suficientes para confirmar a existência de doações ilegais na prestação de contas.

Segundo o MPE-MG, Pimentel não prestou contas de R$ 1,5 milhão pela contratação da Pepper Comunicação. Apenas cerca de R$ 90 mil deste valor foi pago pelo comitê de campanha e registrado nas contas apresentadas à Justiça Eleitoral. O restante foi dividido para pagamento de quatro empresas, o que levantou a suspeita dos procuradores.

A mulher do ex-governador, Carolina Pimentel, chegou a ser investigada por suposta sociedade com a Pepper, mas não foi incluída no processo.

Em nota, o advogado do político, Eugênio Pacelli, comentou a decisão do TRE-MG: “é infinitivamente preferível absolver quem pode ser culpado do que condenar um inocente. Não havia e nem nunca houve prova de culpa”.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.