Viajantes que vierem do Brasil e de outros 15 países, considerados de risco por causa da pandemia, vão precisar passar por testes de detecção... França poderá colocar em quarentena viajantes vindos do Brasil e de mais 15 países

Viajantes que vierem do Brasil e de outros 15 países, considerados de risco por causa da pandemia, vão precisar passar por testes de detecção de coronavírus ao entrarem na França.

O anúncio da medida foi feito pelo primeiro-ministro francês, Jean Castex, que nesta sexta-feira (24), visitou o maior aeroporto do país, o Charles de Gaulle.

Na prática, ela só vale para franceses que voltam para casa ou estrangeiros residentes na França.

Além do Brasil, as restrições valem para Estados Unidos, Panamá, Peru, Omã, Turquia, Israel, Índia, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Catar, Argélia, Kuait, Madagascar, Sérvia e África do Sul.

A orientação do governo francês é para os viajantes façam o teste de Covid-19 antes do embarque e apresente-o na chegada na França para acelerar os trâmites.

Quem não tiver o documento, será testado no aeroporto ou porto de entrada.

Os casos positivos deverão obedecer a uma quarentena de 14 dias.

O isolamento será obrigatório para quem se recursar a fazer os testes.

As testagens entram em vigor em 1º de agosto. O governo francês estima realizar 3.000 exames só no aeroporto Charles de Gaulle.

O primeiro-ministro recomendou para que os franceses não visitem a Catalunha, região espanhola onde voltaram a ser registrados casos de coronavírus.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.