7.924 servidores públicos do estado de São Paulo, exceto capital, podem ter recebido indevidamente o auxílio emergencial pago pelo governo federal por causa da... Fraude: mais de 7.000 servidores públicos de SP receberam auxílio emergencial

7.924 servidores públicos do estado de São Paulo, exceto capital, podem ter recebido indevidamente o auxílio emergencial pago pelo governo federal por causa da pandemia. O valor chega a R$ 7,9 milhões. Os dados são da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Tribunal de Contas do estado de São Paulo (TCE-SP).

O levantamento, que vai até maio, aponta que os servidores não poderiam receber o auxílio emergencial por não se enquadrarem nas regras do benefício. Muitos estavam cadastrados no Bolsa Família. Não está descartada a possibilidade de muitos terem sido vítimas de fraudes praticadas por terceiros.

Agora, os órgãos vão recomendar que o estado e municípios notifiquem os servidores para que devolvam ara o ministério da Cidadania o dinheiro recebido irregularmente. Se não fizerem poderão responder civil, criminal e administrativamente pela apropriação indevida de recursos públicos.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.