O presidente Jair Bolsonaro chegou à Sinop (MT) nesta sexta-feira (18). Sem máscara e sob aplausos de apoiadores. Veja no link. A comitiva presidencial,...

O presidente Jair Bolsonaro chegou à Sinop (MT) nesta sexta-feira (18).

Sem máscara e sob aplausos de apoiadores. Veja no link.

A comitiva presidencial, que trazia também o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e o Secretário de Governo, Luiz Eduardo Ramos, só conseguiu pousar no aeroporto local na segunda tentativa por causa da visibilidade prejudicada pela fumaça das queimadas no Pantanal.

O presidente estava tranquilo: “Hoje quando o avião foi aterrissar, ele arremeteu. Foi a 2ª vez na minha vida que acontece isso, uma vez foi no Rio de Janeiro, e obviamente, algo anormal está acontecendo, no caso é que a visibilidade não estava muito boa”.

Diante de representantes do agronegócio, Bolsonaro voltou a dizer que o Brasil é um exemplo em preservação do meio ambiente e minimizou o número de focos de incêndios, que é recorde no Pantanal, e a pressão de governos estrangeiros sobre a política ambiental brasileira.

“Há “alguns focos de incêndio pelo Brasil e que isso acontece ao longo dos anos e temos sofrido uma crítica muito grande. Porque obviamente quanto mais nos atacarem, mais interessa aos nossos concorrentes, para o que temos de melhor, que é o nosso agronegócio. Países outros que nos criticam não tem problema de queimada porque já queimaram tudo nos seus países”.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.