Gays poderão doar sangue dentro do prazo de 12 meses após uma relação sexual com outro homem. A regra já está em vigor e... Gays já podem doar sangue

Gays poderão doar sangue dentro do prazo de 12 meses após uma relação sexual com outro homem. A regra já está em vigor e como os demais doadores, eles precisam passar por uma triagem de rotina.

Resolução neste sentido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi publicada nesta quarta-feira (8) pelo Diário Oficial da União.

A Anvisa mudou a regra depois que o Supremo Tribunal Federal julgou em maio, que as restrições impostas a gays para doação de sangue eram inconstitucionais.

Em 2016, o PSB, com apoio da Procuradoria-Geral da República (PGR), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de organizações não governamentais ligadas a grupos LGBT+, entrou com uma ação no STF, na qual questionava a constitucionalidade das regras do ministério da Saúde que impediam a doação de sangue por homossexuais.

O ministério alegava que o objetivo era reduzir o risco de contaminação por HIV em transfusões. Mas, os autores da ação criticaram que, não havia as mesmas restrições para heterossexuais que tivessem tido uma relação sexual sem camisinha e podiam doar sangue.

O julgamento só foi a plenário em 2017 e a sentença final saiu em maio passado. Oito dos 11 ministros do STF votaram a favor da mudança da portaria da Anvisa que tem validade imediata.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.