Inquilinos de todo o Brasil, se preparem! O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) utilizado na correção de contratos, como os de aluguel de imóveis,... IGP-M de agosto teve alta de 2,74 em agosto: índice é usado na correção dos contratos de aluguéis

São Paulo (foto Beno Suckeveris)

Inquilinos de todo o Brasil, se preparem!

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) utilizado na correção de contratos, como os de aluguel de imóveis, subiu 2,74% em agosto.

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que divulgou o índice nesta sexta-feira (28), no acumulado do ano, o IGP-M já subiu 9,64% e 13,02% nos últimos 12 meses. É bem acima da inflação oficial do país, que gira em torno dos 4%.

Em julho, o índice já havia registrado alta de 2,23%.

Em agosto do ano passado, ele caiu 0,67% e acumulava alta de 4,95% em 12 meses.

O IGP-M sofre impacto das variações do dólar e das cotações internacionais de produtos primários, como as comodities e os metais.

“Nesta apuração, o índice de preços ao produtor respondeu pela aceleração do IGP-M. Entre as matérias-primas brutas, o destaque foi o minério de ferro, que subiu 10,82% e respondeu por quase 30% do resultado do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA). Já entre os bens intermediários, a principal influência partiu dos materiais para a manufatura, cuja taxa passou de 0,84% para 2,66%. Por fim, entre os bens finais, vale destacar a aceleração da taxa dos alimentos in natura, a qual passou de -14,63% para -4,28%”, explicou o coordenador da pesquisa, André Braz.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.