Um acordo histórico entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, com a intermediação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi celebrado nesta quinta-feira... Israel e Emirados Árabes Unidos celebram acordo histórico sob mediação dos EUA

Jerusalém

Um acordo histórico entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, com a intermediação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi celebrado nesta quinta-feira (13)

Israel deverá abrir mão da decisão de anexar áreas da Cisjordânia.

O primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, comemorou o acordo: “Disseram-me que é impossível trazer paz aos países árabes se não renunciarmos aos territórios. Eu provei o contrário. Assim como trouxe paz, também trarei soberania”.

Mas, ele deixou em aberto a possível retomada de áreas na Cisjordânia.

Numa rede social, Trump também festejou: “Grande avanço hoje! Acordo de paz histórico entre nossos dois GRANDES amigos, Israel e os Emirados Árabes Unidos”.

O acordo batizado de Abraham foi fechado em um telefonema entre o presidente americano, o premiê israelense e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, o xeque Mohammed Bin Zayed.

Desde 1994, quando Israel e Jordânia firmaram um tratado de paz, que não era finalizada uma negociação deste tipo.

Nas próximas semanas, as delegações dos dois países devem se reunir para assinar acordos bilaterais sobre investimentos, turismo, voos diretos, segurança, telecomunicações e outros assuntos, além de uma futura instalação de embaixadas.

O acordo de Abraham vai facilitar o acesso de muçulmanos à mesquita de Omar (Al-Aqsa), um dos três lugares sagrados do Islamismo, na Cidade Velha de Jerusalém, com a autorização de voos diretos de Abu Dhabi para Tel-Aviv.

O comunicado conjunto prevê a cooperação dos dois países nas pesquisas para a produção de um vacina contra a coronavírus.

Ainda não se sabe a reação oficial do lado palestino, mas o presidente Mahmoud Abbas convocou uma reunião de emergência nesta quinta-feira (13) para avaliar o acordo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.