O Brasil tem 187.322 mortes e 7.264.221 casos de coronavírus. Os dados do consórcio de veículos de imprensa foram divulgados às 20h desta segunda-feira... Média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil é a maior desde 18/9

O Brasil tem 187.322 mortes e 7.264.221 casos de coronavírus.

Os dados do consórcio de veículos de imprensa foram divulgados às 20h desta segunda-feira (21).

Nas últimas 24h foram registrados 549 óbitos e 26.871 casos.

A média móvel de mortes (769) dos últimos 7 dias é a maior desde 18 de setembro e é 25% acima da média das 2 semanas anteriores.

A média móvel de casos (47.830) dos últimos 7 dias é 17% superior a de 14 dias atrás.

A tendência era de alta em 14 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Acre, Rondônia, Sergipe, Alagoas, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

A curva da pandemia estava estável no Distrito Federal e 10 estados: São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Roraima, Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Pernambuco e Piauí.

Em apenas 2 estados (Goiás e Tocantins), os números estavam em queda.

Um passo importante para a aprovação da Coronavac, a vacina contra Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan de São Paulo, foi dado ontem (21) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ela deu o certificação de Boas Práticas de Fabricação para a Sinovac.

A fábrica chinesa foi inspecionada e aprovada por uma equipe da Anvisa.

O certificado tem validade de 2 anos e vai acelerar o processo de registro definitivo ou para uso emergencial da Coronavac no Brasil.

Em São Paulo, pelas redes sociais, o Instituto Butantan anunciou a conclusão da última fase de testes clínicos da vacina.

Eles serão entregues à Anvisa e “em breve, a primeira vacina brasileira contra a Covid-19 estará pronta”.

Os detalhes do estudo serão divulgados amanhã (23) pelo Butantan.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *