A segunda maior cidade da Austrália, Melbourne, vai aumentar as restrições de circulação da população neste dia 1º de julho. Bloqueios vão ser montados... Melbourne teme uma segunda onda de coronavírus

A segunda maior cidade da Austrália, Melbourne, vai aumentar as restrições de circulação da população neste dia 1º de julho. Bloqueios vão ser montados em várias partes da metrópole para testes de coronavírus ou eventuais aglomerações. Cerca de cinco milhões de habitantes moram na região.

A cidade, que parecia protegida do coronavírus a ponto de um bar instalar uma espécie de iglu para isolar os clientes (foto), voltou a ter um aumento de casos em junho. Nas últimas 24h, surgiram 67 novos casos.

Na Austrália, foram registrados 7.834, dos quais 722 infectados continuam em tratamento. O número de mortes é de 104, menos do que alguns bairros da periferia de São Paulo.

Na maior cidade do país, Sydney, as restrições da quarentena diminuiram a oferta de transporte coletivo e aumentaram o uso de máscara pelos 5,23 milhões de moradores.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.