Um protesto bem-humorado não foi bem aceito por uma pessoa da campanha eleitoral da deputada federal, Joice Hasselman (PSL-SP), pré-candidata à prefeita de São... Membro da comitiva da deputada Joice Hasselman agride comerciante em feira livre de SP

Um protesto bem-humorado não foi bem aceito por uma pessoa da campanha eleitoral da deputada federal, Joice Hasselman (PSL-SP), pré-candidata à prefeita de São Paulo.

Segundo o colunista Leandro Sakamoto, do portal UOL, nesta quarta-feira (9), a comerciante Andréa Costa ia entregar um saco de laranjas para a parlamentar em uma feira livre no bairro do Butantã, zona oeste da capital paulista.

Mas, foi agarrada por trás e recebeu uma chave de braço de uma mulher, que não foi identificada.

A agressão foi testemunhada por feirantes e consumidores, mas não por Joice.

Andréa disse à deputada, que “havia comprado laranjas para entregá-la por causa do partido político que ela faz parte, mas que foi agredida por uma pessoa da equipe dela”.

Segundo a assessoria de Joice, a parlamentar conversava com uma feirante no momento do tumulto. Pediu desculpas, reafirmou repúdio a qualquer tipo de agressão e que é a favor das investigações sobre o suposto uso de candidaturas laranjas pelo PSL.

A comerciante entregou as frutas à pré-candidata, que as recebeu.

Depois do ocorrido, Andréa disse que a agressora ainda zombou dela e que poderia ir à polícia se quisesse.

O PSL é investigado desde as eleições de 2018. O partido que ajudou a eleger o presidente Jair Bolsonaro, que depois saiu da sigla, é acusado de usar candidaturas de fachada de mulheres para desviar recursos públicos para outros candidatos.

O esquema teria sido adotado pelo presidente do partido, Luciano Bivar, em Pernambuco, e pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em Minas Gerais.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.