O ministro Luiz Fux é o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi eleito pelos colegas na tarde desta quinta-feira (25) para... Ministro Luiz Fux vai assumir a presidência do STF no lugar de Toffoli

O ministro Luiz Fux é o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi eleito pelos colegas na tarde desta quinta-feira (25) para um mandato de dois anos. A posse está marcada para o dia 10 de setembro. Fux vai substituir Dias Toffoli e terá como vice, a ministra Rosa Weber.

Já eleito, o futuro presidente do STF agradeceu o plenário e afirmou que vai lutar incansavelmente para manter a Corte no mais alto patamar das instituições brasileiras. “Vou sempre me empenhar pelos valores morais, pelos valores republicanos, me empenhar pela luta da democracia e respeitar a independência entre os poderes dentro dos limites da Constituição e da Lei”, disse Fux.

A votação, que deveria acontecer em agosto, foi antecipada por causa da pandemia. Fux foi eleito por 10 votos a 1, o que é tradição do STF que o futuro presidente vote no vice. Outra regra do protocolo é eleger o ministro mais antigo que ainda não presidiu o tribunal.

O ministro Luiz Fux é carioca e tem 67 anos. É formado em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), em 1976. Exerceu a advocacia por dois anos, foi promotor de Justiça por mais três anos, e em 1983, ingressou na magistratura como juiz estadual.

Depois, Fux, que também é professor livre docente da área cível, trabalhou 10 anos no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele entrou para o STF em 2011, quando foi nomeado pela então presidente Dilma Rousssef na vaga aberta pelo ministro Eros Grau, que se aposentou. A posse foi em março daquele ano.

O ministro coordenou o grupo de trabalho do Congresso que alterou o novo Código de Processo Civil sancionado em 2015.

Fux assumiu a presidência do Tribunal Superior Eleitoral em 2018. Ele se destacou como defensor intransigente da aplicação da Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura e posse de políticos condenados pela Justiça.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.