Janaína Paschoal foi uma das internautas que reagiu ao tuíte de Moro Por Rafael Bruza O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, utilizou seu Twitter...

Janaína Paschoal foi uma das internautas que reagiu ao tuíte de Moro

Por Rafael Bruza

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, utilizou seu Twitter neste domingo (27) para dizer que críticos bolsonaristas tentam desqualificá-lo com uma “campanha de fake news”.

No tuíte, Moro ironizou o slogan de campanha do presidente Jair Bolsonaro.

“Tenho visto uma campanha de fake News nas redes sociais e em grupos de whatsapp para me desqualificar. Não me preocupo; já passei por isso durante e depois da Lava Jato. Verdade acima de tudo. Fazer a coisa certa acima de todos”

O ex-ministro já havia utilizado a expressão no pronunciamento em que anunciou sua saída do governo, na sexta-feira (24).

Uma das internautas que reagiu ao post de Moro é Janaína Paschoal, autora do pedido de Impeachment de Dilma Rousseff, que em 2018 se elegeu deputada federal em São Paulo, pelo PSL – partido de Bolsonaro, na época.

“Todo meu apoio, Ministro! A verdade liberta!”, afirma a deputada.

https://twitter.com/SF_Moro/status/1254469555470163969

Mais cedo, Bolsonaro rebateu, também pelas redes sociais, a acusação feita por Moro de que tenha interferido na Polícia Federal. O presidente demitiu o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, na sexta-feira.

“Lamentavelmente o ex-ministro mentiu sobre interferência na Polícia Federal”, escreveu Bolsonaro. “Nenhum superintendente foi trocado por mim. Todos foram indicados pelo próprio ministro ou diretor geral […] Para mim os bons Policiais estão em todo o Brasil e não apenas em Curitiba, onde trabalhava o então juiz”, complementou, repetindo o que já havia dito na sexta — que Moro teria privilegiado pessoas de Curitiba em suas indicações.

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Fabio Pannunzio

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.