O mundo passou de 34 milhões de casos confirmados de Covid-19. É o que revela o levantamento da Universidade Johns Hopkins divulgado às 10h40... Mundo passa de 34 milhões de casos: apesar dos números altos, a Índia vai flexibilizar as regras de quarentena

O mundo passou de 34 milhões de casos confirmados de Covid-19.

É o que revela o levantamento da Universidade Johns Hopkins divulgado às 10h40 desta quinta-feira (1º).

Ao todo são 34.018.143 casos e 1.014.995 mortes em todo o planeta.

Os EUA (206.963), O Brasil (143.910), a Índia (98.678), o México (77.646) e o Reino Unido (42.233) são os países com mais óbitos causados pelo coronavírus.

Em números de casos, os cinco primeiros são os EUA (7.234.327), Índia (6.312.582), Brasil (4.813.989), Rússia (1.179.634) e a Colômbia (829.679).

Apesar dos números altos, a Índia anunciou a flexibilização das regras de quarentena a partir do próximo dia 15.

As escolas poderão reabrir, mas os pais precisarão autorizar por escrito a volta dos filhos às aulas presenciais. A liberação também vai depender dos governos estaduais.

Os cinemas voltarão a funcionar com capacidade limitada a 50%.

O mesmo valerá para reuniões em espaços fechados, que poderão receber até 200 pessoas, desde que o número represente metade da capacidade.

Nos espaços abertos, não haverá limite, mas as pessoas precisarão usar máscara e manter o distanciamento social. O mesmo valerá para parques recreativos.

As piscinas só poderão ser utilizadas para esportes.

Nesta quinta-feira (1º), o primeiro ministro da Itália, Giuseppe Conte, declarou que vai pedir ao Parlamento a prorrogação do estado de emergência, que vence neste mês até o final de janeiro.


A medida dá mais poderes às autoridades decretarem ações de combate à pandemia com menos burocracia.

Conte deve ter o pedido aprovado sem dificuldades, já que conta com a maioria no Parlamento.

A Itália foi o segundo epicentro mundial da pandemia.

O auge foi em março, quando 919 óbitos foram registrados em um só dia.

A doença parecia sob controle em maio, mas o número de casos diários voltou a subir em agosto.

Nas últimas 24h, foram 1.850 novos infectados.

Número menor do que os registrados nas vizinhas França e Espanha, que foram obrigadas a decretar medidas mais rígidas de quarentena em algumas regiões.

A Itália teve 314.861 casos e 35.894 mortes por Covid-19.

A França vai impor medidas mais severas na capital Paris e em outras grandes cidades para tentar conter o avanço da doença.

O país passou de 600 mil casos nesta quinta-feira (1º).

São exatos 604.031 diagnósticos confirmados (14.010 só nas últimas 24h) e 31.981 mortes por coronavírus.

O avanço da doença na Europa não assusta a Uefa, a entidade que comanda o futebol no continente.

Ela deve anunciar a volta parcial de torcedores aos jogos da Liga dos Campeões na próxima semana.

Porém, a liberação só ocorrerá com a autorização dos governos locais.

Por exemplo, na Inglaterra e na Espanha, vão continuar com os portões fechados ao público.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *