O mundo passou de 700 mil mortes por coronavirus. De acordo com os números divulgados pela Universidade Johns Hopkins (EUA) às 10h50 desta quarta-feira... Mundo passa de 700 mil mortes por Covid-19: Líbano se preparava para um novo lockdown

O mundo passou de 700 mil mortes por coronavirus. De acordo com os números divulgados pela Universidade Johns Hopkins (EUA) às 10h50 desta quarta-feira (5), a doença matou 701.278 pessoas e contaminou 18.566.769.

Antes da explosão no porto de Beirute, o Líbano se preparava para decretar um novo lockdown. O número de casos aumentou depois da flexibilização das regras de quarentena. O país registrou 65 mortes e 5.271 casos e teme um avanço do coronavírus, agora, que o sistema de saúde da capital entrou em colapso.

A segunda maior metrópole da Austrália, Melbourne, vai adotar medidas mais rígidas de confinamento a partir das 0h (horário local) desta quinta-feira (6). Quem não trabalhar em serviços essenciais e estiver fora de um raio de 5km de casa poderá ser multado pesadamente.

A Austrália vive uma segunda onda da Covid-19. Nas últimas 24h, foi registrado o número recorde de 740 novos casos. Um crescimento de 63,4%. De uma semana para cá, foram 4.098, uma alta de 43,8%.

O país já tem 19.444 casos e 247 mortes. Antes da nova onda que começou em junho, os números de mortes não superavam 100 e o de casos era inferior a 2.000.

A Argentina anunciou na manhã de hoje (5), que o número de mortes passou de 4.000. Agora, são 4.009 e o número de pessoas infectadas chegou a 213.535.

As Américas já passaram a Europa como região com mais casos de coronavírus. São mais de 9,7 milhões, 53,7%$ do mundo. O Brasil representa 28,1% dos casos registrados nas Américas. A Argentina, 2,1%

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.