O ator Leonardo Villar morreu na manhã desta sexta-feira (3), num hospital de São Paulo. Villar, de 96 anos, estava internado desde ontem e... O ator Leonardo Villar morre aos 96 anos, em SP

O ator Leonardo Villar morreu na manhã desta sexta-feira (3), num hospital de São Paulo. Villar, de 96 anos, estava internado desde ontem e não resistiu a uma parada cardíaca.

Leonildo Motta nasceu em Piracicaba (SP), em 1923, e teve uma longa carreira no teatro, na TV e no cinema. Ele se formou em 1948, na Escola de Arte Dramática (EAD) da Universidade de São Paulo (USP).

Com o nome artístico de Leonardo Villar, estreou como ator profissional na peça “A Raposa e as Uvas”, sob direção de Bibi Ferreira, na Companhia Dramática Nacional. Ele trabalhou no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) por oito anos.

Ele foi protagonista de “O Pagador de Promessas”, peça de Dias Gomes, que virou filme dirigido por Anselmo Duarte. Villar fez o personagem Zé do Burro, que carrega uma cruz para pagar uma promessa feita a uma Mãe de Santo numa igreja de Salvador. Mas, é impedido pelo padre interpretado pelo ator Dionísio Azevedo. A atriz Glória Menezes faz o papel da mulher do Zé do Burro (foto).

Um clássico que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes, na França, em 1962. É até hoje o único filme nacional que recebeu o prêmio máximo do festival francês.

Leonardo Villar fez outros filmes. Entre eles, “A Hora e a Vez de Augusto Matraga” (foto), de Roberto Santos baseado numa obra de Guimarães Rosa, de 1965, e o último, “Chega de Saudade”, de Laís Bodansky, de 2008.

O ator paulista trabalhou em várias emissoras de TV. Só na Rede Globo, participou de mais de 30 novelas. A última foi “Passione”, em 2010, aos 87 anos.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *