O jornalista e radialista paulistano José Paulo de Andrade morreu nesta sexta-feira (17). Ele tinha 78 anos e estava internado desde o último dia... O jornalista e radialista José Paulo de Andrade morre aos 78 anos de Covid-19

O jornalista e radialista paulistano José Paulo de Andrade morreu nesta sexta-feira (17). Ele tinha 78 anos e estava internado desde o último dia 7, no hospital Albert Einstein, de São Paulo, com coronavírus.

Zé Paulo, como era chamado pelos colegas de profissão, lutava contra um enfisema pulmonar há dois anos. Doença contraída por ter sido fumante de cigarros por anos.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, ele começou a carreira na Rádio América, em 1960. Três anos depois, foi para a Rádio Bandeirantes, onde trabalhou até ser internado. Foi um dos primeiros apresentadores da então recém-inaugurada TV Bandeirantes, em 1967. Trabalhou no Jornal da Band e em jornais locais, entre outros programas.

Foram 57 anos de trabalho no grupo Bandeirantes.

Na Rádio Bandeirantes, marcou época nos programas Pulo do Gato e no Jornal Gente. Em 2018, José Paulo de Andrade disse: “O rádio é responsabilidade social. É uma questão de temperamento, não consigo ficar quieto. Por isso jamais seria político. Acho que a voz é impressão digital da alma. Através da voz você conhece a pessoa (…) você percebe na voz se a pessoa está mentindo”.

Além do rádio, outra paixão era o futebol. José Paulo de Andrade era um torcedor fanático do São Paulo. Ele deixa mulher e dois filhos.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.