Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103
A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reviu a previsão para a economia global em 2020, de queda de 6% para uma... OCDE prevê queda de 6,5% do PIB brasileiro em 2020 e alta de 3,6% em 2021

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reviu a previsão para a economia global em 2020, de queda de 6% para uma retração menor de 4,5%.

Mesmo assim, será um recorde negativo histórico causado principalmente pelo impacto da pandemia da Covid-19.

Em relatório divulgado nesta quarta-feira (16), a OCDE afirmou que a recessão mundial será menos acentuada que a estimada inicialmente e que a recuperação econômica vai avançar mais rápido do que se imagina há meses.

A organização, que analisou os 20 países mais ricos (G20), estima que o ritmo de recuperação no ano que vem será mais modesto do que o previsto anteriormente.

Para 2021, a estimativa de alta de 5%. Em junho, era de 5,2%.

A OCDE alertou que, se a pandemia não for controlada ou os governos forem obrigados a decretar medidas mais rigorosas de quarentena, a previsão pode cair de 2 a 3 pontos percentuais.

No caso do Brasil, a projeção é de uma queda de 6,5% em 2020 e de alta de 3,6% em 2021, mas ressaltou a incerteza das perspectivas, “porque dependem das hipóteses relativas à propagação da Covid-19 e à evolução das políticas macroeconômicas”.

A previsão da OCDE é mais pessimista que a do mercado brasileiro que,segundo o relatório Focus do Banco Central, projetou para este ano uma queda de 5,11% do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas pelo país.

A segunda potência econômica do mundo, a China deverá ser o único país do G20 que vai terminar o ano no azul, com uma alta prevista de 1,8% do PIB.

Já a maior economia do planeta, a dos EUA, teve os números revistos de queda do PIB: de 7,3% para 3,8%.

Para três países emergentes, as previsões não são otimistas.

A Índia deve registrar queda de 10,2%.

A Argentina, que atravessa uma recessão que já dura dois anos, deve despencar 11,2%; e a economia da África do Sul, país do continente africano com mais casos de coronavírus, tem estimativa de um tombo de 11,5%.

O Japão, com projeção de retração de 5,8% em 2020, tem um novo primeiro-ministro.

O Parlamento elegeu Yoshihide Suga, de 71 anos, nesta quarta-feira (16).

Filho de agricultor, o porta-voz do governo substituirá Shinzo Abe, que renunciou por motivos de saúde, e ocupava o cargo interinamente desde o dia 28 de agosto.

Abe foi o mais longevo primeiro-ministro da história recente do Japão. Foram quase oito anos como chefe de governo.

Agora, Suga deve concluir o mandato previsto para terminar em setembro do ano que vem. Mas, como lidera o Partido Liberal Democrata (PLD), majoritário no Parlamento, não será surpresa se ficar mais tempo no poder.

O novo primeiro-ministro tem grandes desafios pela frente: a pandemia do coronavírus que, entre outros problemas, causou o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021; e a recessão econômica.

Por isso, ele declarou que a antecipação de eleições legislativas para prolongar o mandato não é prioridade.

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103