A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta quinta-feira (20) que há um risco potencial de ressurgimento da pandemia do coronavírus na Europa. De... OMS teme avanço da pandemia na Europa:  continente representa quase 1/5 dos casos do mundo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta quinta-feira (20) que há um risco potencial de ressurgimento da pandemia do coronavírus na Europa.

De acordo com o correspondente da TV DEMOCRACIA em Genebra, na Suíça, Jamil Chade, o diretor-geral do escritório da OMS na Europa, Hans Kluge, destacou o avanço constante de casos da doença desde julho e que, embora o continente americano continue sendo o epicentro mundial da pandemia, a Europa representa quase um quinto dos casos globais.

“Houve mais de 40 mil casos na primeira semana de agosto em comparação com a primeira semana de junho, quando os casos estavam em seu ponto mais baixo”, afirmou Kluge.

Uma média de 26 mil novos casos por dia são registrados na Europa. Nesta quinta-feira (20), Alemanha (1.707), França (3,7 mil), Espanha (3,7 mil) e Itália (642) voltaram a ter números que não eram vistos desde abril

Para o diretor da OMS, o avanço se deve ao relaxamento das medidas de distanciamento social e do uso de máscara, principalmente, entre os mais jovens.

A faixa entre 15 e 24 anos registrou um aumento de 15% dos novos casos, em julho. Em fevereiro, ela representava apenas 4,5%.

Nesta semana, houve aglomerações de torcedores, muitos sem máscara, nas comemorações das vitórias do Lyon e do Paris Saint Germain na Liga dos Campeões da Europa.

A OMS teme que a pandemia cresça no continente europeu com a retomada das aulas em setembro. Por isso, diante do novo cenário, a agência vai se reunir com autoridades europeias para avaliar quais medidas poderão ser tomadas para uma volta segura.

Entre elas, está a ampliação de recursos de higiene e rescalonamento dos horários de funcionamento, além das restrições sanitárias e de distanciamento social já vigentes.

A União Europeia (UE) fechou acordo com a empresa alemã CureVac para o fornecimento de 225 milhões de doses de uma vacina contra a Covid-19. A companhia já havia recebido 75 milhões de euros do Banco de Investimento Europeu.

É o quarto acordo que a UE faz para ter o maior número disponível de vacinas. Os outros foram fechados com a americana Johnson & Johnson, a europeia AstraZeneca, que desenvolve a vacina Oxford; e a multinacional Sanofi/GlaxoSmithKline.

A Suécia anunciou hoje (20) que registrou o maior número de mortes em um semestre em 150 anos.

O país, que foi um dos últimos da Europa a adotar medidas mais restritivas durante a pandemia, perdeu 51.405 vidas, cerca de 4.500 por causa do coronavírus.

Desde 1869 a Suécia não tinha tantas mortes. O país tem 10,3 milhões de habitantes.

Detalhe: quando foram registradas 55.431 óbitos há 150 anos, a população era de 4,1 milhões e a Suécia vivia uma crise de fome.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, o país tem 85.411 casos e 5.802 mortes por Covid-19.

A Suécia chegou a registrar 30.909 em junho e 2.406 mortes em abril.

Por ter liberado a economia mais cedo, foi utilizada de exemplo, erroneamente, pelo governo Bolsonaro e pelos EUA.

No entanto, a Suécia não escapou dos efeitos da pandemia. O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas pelo país, despencou 8,6%, bem mais do que os vizinhos nórdicos que entraram mais cedo em quarentena.

A Alemanha, onde a doença parecia estar sob controle, teve o maior número de casos em 24h desde abril. Foram 1.707.

Desde o início da pandemia, o país teve 230.264 casos, menos do que a Argentina, por exemplo, e 9.258 mortes por Covid-19.

Para deter uma segunda onda, o governo alemão determinou que viajantes vindos da Espanha e de parte dos Bálcãs, alguns dos destinos preferidos dos turistas do país, e que são tidos como zonas de risco, só poderão entrar no país depois de serem testados. Em caso de resultado positivo, serão colocados em quarentena.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103