O Papa Francisco defendeu os direitos dos homossexuais de constituírem uma família e de serem protegidos pelas leis de união estável. “As pessoas homossexuais... Papa defende direitos de homossexuais de formar família e à união civil

(foto Beno Suckeveris)

O Papa Francisco defendeu os direitos dos homossexuais de constituírem uma família e de serem protegidos pelas leis de união estável.

“As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso. O que precisamos criar é uma lei de união civil. Dessa forma eles são legalmente contemplados. Eu defendi isso”, diz ele no documentário “Francesco”, do diretor Evgeny Afineevsky, que estreou nesta quarta-feira (21), na Itália.

No filme, o Papa falou sobre a pandemia, migração, desigualdade econômica, pobreza, meio ambiente, racismo, abuso sexual, as guerras na Síria e na Ucrânia, entre outros temas.

No domingo (25), o documentário será exibido pela primeira vez nos EUA, no Festival de Savannah(Geórgia).

Uma das cenas mostra um italiano gay, pai de três filhos, que vive em Roma.

Ele escreveu ao Papa pedindo um conselho.

O italiano temia levar as crianças à paróquia porque elas poderiam ser discriminadas.

Ele disse que o pontífice o incentivou a mandar os filhos à igreja, que nunca disse qual era a opinião dele sobre família formada por pais gays e que a maneira do Papa lidar com o tema mudou radicalmente, a despeito da posição conservadora da Igreja Católica.

Esta não foi a primeira vez que Francisco defendeu a união civil de pessoas do mesmo sexo.

Segundo o especialista em assuntos do Vaticano, Filipe Domingues, o então cardeal Jorge Bergoglio foi contra o casamento gay aprovado na Argentina durante o governo da presidente Cristina Kirchner, mas ele concorda que “pessoas em união estável têm direitos. Isso não é novo. Mas, na condição de Papa, ele declarou isso pela primeira vez”.

Francisco foi mais explícito agora ao falar de “ser parte de uma família. Isso é importante”, ressaltou Domingues.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *