O prefeito reeleito de Guaíra (SP), José Eduardo “Zé Eduardo” Coscrato Lélis (PSDB-SP) é um dos alvos da Operação Golpe Baixo deflagrada nesta quarta-feira... Prefeito e vice reeleitos em Guaíra (SP) são afastados do cargo por envolvimento em esquema de corrupção

O prefeito reeleito de Guaíra (SP), José Eduardo “Zé Eduardo” Coscrato Lélis (PSDB-SP) é um dos alvos da Operação Golpe Baixo deflagrada nesta quarta-feira (9).

Ele e o vice-prefeito e secretário municipal de Educação, Renato César Moreira (Cidadania-SP) foram afastados do cargo pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Renato foi preso temporariamente junto com o diretor de Esportes, Alessandro Camilo da Silva, o presidente de uma ONG de Judô, o recém-eleito vereador, Stefanio Bonvino Stafuzza Cidadania-SP)e sete empresários.

Eles foram levados para a Cadeia Pública de França (SP), a 400 km da capital paulista.

Todos são acusados de desvio de verbas da prefeitura.

O prefeito negou as acusações e disse que respeita a Justiça.

Zé Eduardo, que está com a candidatura sub judice, estava cumprindo compromissos oficiais na capital paulista.

Além dos mandados de prisão, foram cumpridos 80 mandados de busca e apreensão.

Segundo o Ministério Público (MP), o esquema de desvio de verbas públicas ocorria nas secretarias de Esporte, Educação e Cultura, e seria chefiado pelo vice-prefeito.

Foram feitas várias contratações irregulares de empresas pertencentes a pessoas próximas ao prefeito, ao vice e ao diretor de Esportes e o prejuízo estimado passa de R$ 2 milhões.

A maioria dos contratos era direcionadas a uma empresa que dá aulas de judô na cidade e era superfaturada.

A prefeitura também terceirizou a secretaria de Esporte para uma ONG de empresários que subcontratavam as empresas.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.