Prévia da inflação oficial, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) subiu 1,06% em dezembro e fechou o ano em 4,23%.... Prévia da inflação oficial fecha o ano em 4,23%: é a maior desde 2016

(foto Beno Suckeveris)

Prévia da inflação oficial, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) subiu 1,06% em dezembro e fechou o ano em 4,23%.

É a maior taxa anual de inflação desde 2016, quando chegou a 6,58%, e acima da meta central definida pelo Conselho Monetário Nacional, que é de 4%.

No ano passado, o IPCA-15 foi de 3,91%.

Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (22).

Em setembro, o IPCA-15 teve alta de 0,81%.

O índice de dezembro é o maior para um mês desde junho de 2018 (1,11%) e quase o mesmo de dezembro de 2019 (1,05%).

Mais uma vez, o grupo Alimentação e Bebidas foi o que mais puxou a inflação para cima. Com impacto de 0,42 ponto percentual no índice geral, o aumento foi de 2% e com isso, no acumulado do ano, os preços do grupo subiram 14,36%, mais do que o triplo do índice geral.

A maior vilã foi a batata-inglesa (17,96%).

Outros itens como o óleo de soja (7%), carnes (5,53%), arroz (4,96%) e frutas (3,62%) tiveram altas expressivas.

As maiores quedas foram dos preços do tomate (-4,68%), alho (-2,49%) e o leite longa vida (-0,74%).

Dos 9 grupos pesquisados, apenas o grupo Vestuário teve deflação (-0,44%) em dezembro.

O grupo Habitação, com impacto de 0,23 ponto percentual no IPCA-15, subiu 1,50%, puxado pelo aumento da energia elétrica (4,08%).

Depois de 10 meses seguidos sem cobrança extra, a conta de luz teve acréscimo de R$ 6,243 a cada 100 kWh consumidos.

O grupo Transportes teve a terceira maior alta (1,43%), mas é o que tem o segundo maior impacto na composição do IPCA-15 (0,29 ponto percentual).

As passagens aéreas (28,31%) contribuíram com 0,14 ponto percentual.

(foto Beno Suckeveris)

O etanol subiu 4,08% em dezembro.

Brasília (0,65%) foi a região onde a alta da inflação foi menor.

A maior foi registrada em Porto Alegre (1,53%).

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103

Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/wp_vihbaf/democracia.tv/wp-content/themes/goliath/theme/theme-functions.php on line 1103