O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) cresceu 1,31% em maio na comparação com abril. Foi a maior alta desde junho de 2018, quando o... Prévia do PIB aponta recuperação da economia brasileira em maio

O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) cresceu 1,31% em maio na comparação com abril. Foi a maior alta desde junho de 2018, quando o índice subiu 3,30%, refletindo a recuperação da economia após a greve dos caminhoneiros.

O IBC-Br é uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), que soma todos os serviços e bens produzidos pelo país.

De acordo com os números divulgados pelo Banco Central (BC) nesta terça-feira (14), em relação a maio de 2019, a queda foi de 14,4%, mas sem ajuste sazonal, uma espécie de compensação para comparar períodos diferentes.

O BC já esperava o crescimento do índice em maio, quando a produção industrial subiu 7%, as vendas do varejo também aumentaram e o setor de serviços caiu bem menos do que no mês anterior.

O IBC-BR de março até hoje reflete o impacto da pandemia do coronavírus na economia brasileira. Em abril, o índice despencou 9,45%, já com o ajuste sazonal, e foi a maior queda desde o início da série histórica, em 2003.

Mesmo com a alta de maio, dificilmente, o Brasil vai terminar o ano sem um PIB negativo. O Fundo Monetário Internacional (FMI), por exemplo, já previu uma queda de 9,1%.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.