O Diário Oficial da União publicou nesta quarta-feiro (1º), decreto do presidente Jair Bolsonaro que anulou a nomeação de Carlos Alberto Decotelli para o... Reitor do ITA é o mais cotado para ser o 4º ministro da Educação na gestão Bolsonaro

O Diário Oficial da União publicou nesta quarta-feiro (1º), decreto do presidente Jair Bolsonaro que anulou a nomeação de Carlos Alberto Decotelli para o ministério da Educação.

Decotelli (foto) ficou apenas cinco dias no cargo e nem chegou a tomar posse. Ele pediu demissão por causa do polêmico currículo que apresentou ao governo, há uma semana.

Agora, o presidente busca o quarto ministro da Educação em 18 meses de governo. A disputa é entre a ala “olavista” ou ideológica, ligada ao “guru” Olavo de Carvalho, e a ala militar, que apoiou Decotelli, que passou pela Marinha, e tenta emplacar o reitor do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Anderson Correia.

Além de Decotelli, que seria o primeiro negro do primeiro escalão do governo Bolsonaro, a pasta foi ocupada pelo colombiano Ricardo Vélez Rodríguez e por Abraham Weintraub, ambos indicados pelos “olavistas”.

Sem ministro efetivo, o ministério da Educação (MEC) anunciou hoje, o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de novembro para maio de 2021. A mudança acontece por causa da pandemia e a pedido dos candidatos, que se sentiram prejudicados com a suspensão das aulas presenciais desde março.

A data, escolhida pela maioria dos estudantes que respondeu à enquete promovida pelo MEC, ainda depende de aprovação por entidades de ensino médio e superior.

O governo deve divulgar a data definitiva em até três semanas.

O MEC recebeu a inscrição de 5,8 milhões de candidatos. A nota no ENEM é usada como critério de acesso a vagas em universidades públicas e particulares, em programas de bolsas de estudo e de financiamento estudantil no pagamento de mensalidades em instituições privadas.

Equipe TV Democracia

Nenhum comentário ainda. Comente!

Be first to leave comment below.

O seu endereço de e-mail não será publicado.